terça-feira, 18 de setembro de 2007

Conversas de morte...

As conversas do Markl nos táxis...
Andam por aí uns individuos....ui!

<<"Aqui há tempos apareceu-me no táxi um tipo a queixar-se que o patrão não lhe pagava.""Pois.""Sabe o que é que eu lhe disse?""Não.""Mate-o.""Hã-hã.""Puxe de uma faca e mate-o, disse-lhe eu.""Hã-hã.""À facada.""Pois.""Uma vez aparecem-me aí cinco cabo-verdianos a queixarem-se, 'ai, o patrão não nos paga, o patrão não nos paga', e a dizerem que se ele não lhes pagasse já tinham um plano. Um deles matava o patrão, não é, à facada...""Pois.""E esse era o único deles que era casado mas não tinha filhos, os outros tinham.""Pois.""Por isso podia ir preso, que os outros tomavam-lhe conta da mulher.""Pois, pois.""E eles dizem-me aquilo, que o iam matar, e sabe o que eu lhes disse?""Não.""Disse-lhes: 'força, façam isso'. Não sei em que é que aquilo ficou, que nunca mais os vi.""Pois.">>

Sem comentários: